fbpx
Geologia

Geologia

Carreira e profissão

Entrevista com Márcia Pinheiro, Geóloga pela UFRJ
Leia também...

Geologia

Gustavo Simão

Geólogo graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com mestrado em Geociências na área de concentração Geoquímica pelo programa de pós graduação em geociências da UFRGS e desenvolvendo trabalho de doutorado no mesmo programa.

 

Por que você escolheu Geologia?

Como é comum à maior parte das pessoas, eram diversas as dúvidas no momento da tomada de decisão. Dentre as opções avaliadas, motivado por um filme que falava sobre vulcões, a geologia me despertou interesse. Partindo deste interesse inicial, busquei me informar sobre este campo de estudo e acabei por efetivamente me interessar pela carreira, prestando vestibular para ela.

 

O que faz um profissional formado em Geologia?

A geologia como ciência estuda as transformações e a evolução do planeta desde sua origem, estrutura, composição e fenômenos. Neste sentido, é um campo da ciência e, por consequência, um campo profissional muito abrangente.

O geólogo, como possuidor de conhecimentos sobre os sistemas naturais da terra é o profissional apto a buscar, quantificar e avaliar a viabilidade econômica de depósitos minerais como: petróleo, ouro, diamante, prata, rochas ornamentais, água mineral, carvão, areia, argilas e etc.

Além da pesquisa por recursos minerais, o geólogo também pode utilizar seus conhecimentos nas áreas de meio ambiente, capacitado que é para avaliar e compreender a evolução da paisagem. A geologia de engenharia e a hidrogeologia são outros campos importantes de trabalho dos geólogos. Na primeira, atuando na implantação de túneis, obras de escavação e intervenções para contenção de encostas. Já a hidrogeologia configura-se num importantíssimo campo da atuação. Por volta de 60% da população mundial é abastecida por água subterrânea, tamanha é a importância desta, que a sua boa gestão por meio da construção e operação de poços de forma correta, assim como a retirada de água em quantidades sustentáveis é fundamental para a longevidade deste recursos. O patrimônio natural também se insere dentro do campo de atividades do geólogo, lidando com a coleta e estudo dos fósseis.

 

Que tipo de trabalho você faz? Quais as suas atividades na Geologia?

Atuo profissionalmente na realização de estudos ambientais e monitoramentos ambientais de áreas de passivo ambiental em processo de reabilitação. Meu enfoque dentro destas atividades multidisciplinares são os campos da caracterização geoquímica de solos e rochas e a hidrogeologia das áreas, estudando as características, o comportamento e a qualidade da água no ambiente subterrâneo. Ainda dentro do campo da hidrogeologia, locando e acompanhando a implantação de poços de monitoramento e produção de água, assim como realizando estudos que visem obter as características ideais de exploração de água. Atuo também em acompanhamento de obras civis, avaliando e orientando na forma de execução das obras de escavação, visando sempre a estabilidade de taludes e encostas.

Além destas, no momento exerço atividades acadêmicas, lecionando disciplinas de geologia para ensino superior.

 

Como é seu dia a dia profissional típico?

A atuação do geólogo mescla atividades de escritório com atividades de campo. Um trabalho típico envolve atividade preparatória em escritório, atividade de campo e atividade posterior em escritório.

A atividade preparatória é quando são avaliadas as condições do trabalho por meio de consulta bibliográfica e eventualmente são produzidos mapas. Munidos das informações necessárias para a execução do trabalho, segue-se a atividade de campo. Nesta o profissional acessará pessoalmente o seu objeto de estudo, avaliando, descrevendo e quando necessário coletando amostras para análises laboratoriais. Concluída a atividade de campo, realiza-se o segundo momento em escritório, inicialmente compilando e sistematizando os dados para que posteriormente produza relatórios ou mapas temáticos sobre o tema estudado.

Recentemente realizei um trabalho no qual foi necessária a presença de um geólogo na formatação de um projeto de esgotamento sanitário municipal. Eram três as cidades, com características geológicas (tipos de rocha) distintas, o que resultou em características de escavação muito distintas para cada um dos três projetos.

 

Que tipo de ferramentas, recursos, ideias e metodologias um geólogo utiliza?

Para as atividades de campo é de fundamental importância o uso de aparelhos GPS, bússola, câmera fotográfica, mapas e caderno de anotações. Demais ferramentais podem ser necessários a depender da atividade, quando podem ser necessários equipamentos como: martelo geológico, trados manuais e mecânicos, pás, anéis concêntricos, medidores de nível de água, pHmetro, etc.

Nas atividades de escritório o domínio de softwares de texto e tabelamento de dados (Word, Excel) é fundamental, assim como softwares de geoprocessamento como QGIS, Surfer ou ArcGIS.

 

Como está o mercado de trabalho na Geologia?

O mercado de geologia, por ser um mercado em grande parte ligado ao fornecimento de matérias primas de origem mineral, é muito condicionado à situação macroeconômica. Devido ao cenário econômico negativo dos últimos anos, o mercado de trabalho sofreu uma significativa retração. O momento atual vive o início de um novo ciclo de crescimento nas oportunidades de emprego para a área.

 

Quais seriam as principais áreas de atuação em Geologia?

A área de atuação clássica de um geólogo é em empresas de mineração ou de pesquisa mineral, pesquisando, buscando e avaliando fontes de matéria prima, entretanto, novos e bons campos de atuação têm sido abertos. Geólogos encontram-se inseridos em empresas que realizam trabalhos ambientais diversos, compondo equipes com outros profissionais e realizando trabalhos nos mais variados temas, desde hidrogeologia, geoquímica de solos e rochas e até levantamento e salvamento paleontológico. Em autarquias públicas de planejamento, licenciamento e fiscalização ambiental também se encontram inseridos diversos geólogos.

 

Quanto ganha aproximadamente um geólogo?

A atividade profissional do geólogo é regulamentada por conselho profissional (Sistema CONFEA/CREA), estando no mesmo patamar das atividades de engenharia, com dotação salarial variando de 6,0 a 8,5 salários mínimos.

Atuação profissional longe dos grandes centros normalmente remunera com valores superiores aos pagos em atividades nos grandes centros, nestes casos os salários podem ultrapassar os dez mil reais.

 

Quais as principais vantagens dessa profissão?

Em minha opinião, a maior vantagem da atuação profissional é a oportunidade de se conciliar atividades de escritório com atividades externas ao escritório. Nestas, nos é permitido conhecer diversos lugares, em muitos casos belas paisagens naturais, além do contato com pessoas em diversas regiões e de todos os estratos sociais.

 

E quais as maiores dificuldades e desafios?

A maior dificuldade é a inserção no mercado de trabalho. Por ser a geologia um campo de estudo com forte viés academicista, inicialmente, o profissional sofre um pouco para entender a aplicabilidade do seu conhecimento.

Outra dificuldade a depender do campo de atuação do profissional, é o tempo distante de casa nas longas atividades de campo.

 

O que se estuda na faculdade de Geologia?

Processos dinâmicos da terra, para assim compreender como se formam os diferentes tipos de rocha existentes, assim como compreender como é moldada a paisagem. Estes conhecimentos servirão de embasamento para todo o restante. No curso de geologia estuda-se principalmente química e física, desde processos térmicos e químicos para a formação das diferentes rochas, minerais e recursos minerais.

 

Quais matérias do colégio são mais importantes ao se preparar para a carreira em Geologia?

Apesar do termo “geo” em comum com a matéria geografia, é na química e na física que reside a base para se preparar para esta formação.

 

Há outras aprendizagens e experiências que não são oferecidas pela escola, mas são importantes ao longo da carreira?

Por ser a geologia uma profissão que envolve atividades fora da sede, é sempre bom ter conhecimentos gerais, desde trabalhos manuais até informações históricas que lhe permitam desenvolver conversa com pessoais de características diversas. Uma boa conversa pode literalmente lhe abrir muitas portas.

 

É necessário o conhecimento de outro idioma para atuação em Geologia?

Sim. Grande parte da produção técnica em geologia é no idioma inglês. Além disso, como a geologia é uma atividade “sem fronteiras políticas”, o domínio do idioma pode permitir ao profissional atuar em outros países.

 

Como deve ser a personalidade e quais devem ser os interesses, desejos e valores de alguém que segue Geologia?

A geologia por ser uma área de atuação muito abrangente, consegue absorver personalidades diversas, desde que você saiba se colocar em um campo de atividade que tenha afinidade com sua personalidade.

 

Você mudaria algo em relação ao seu caminho profissional para chegar ao ponto em que está?

Não, nossa vida como um todo, com erros e acertos, é uma construção.

 

Existem filmes que exemplifiquem a área profissional da Geologia?

Filmes tendem a romantizar a atuação do profissional, mas existem alguns bons exemplos sim. Inferno de Dante e Ouro e Cobiça talvez sejam os mais emblemáticos.

 

Quem seriam profissionais de amplo reconhecimento ou figuras históricas na Geologia?

O mais relevante talvez seja José Bonifácio de Andrada e Silva, patriarca da independência e mineralogista internacionalmente conhecido à sua época. Fato curioso é que o único mineral nomeado em homenagem a um brasileiro é a Andradita, em homenagem a José Bonifácio.

O Geólogo norte americano Israel Charles White também pode ser listado como uma personalidade histórica de importância, quando pensamos no sul do Brasil.

 

Por fim, que dicas de carreira e de vida em geral você gostaria de oferecer para um jovem que está escolhendo sua profissão nesse momento?

A escolha da profissão deve estar alicerçada em afinidades e aptidões pessoais, entretanto, esta escolha não deixa de ser um tiro no escuro. Então, pesquise, estude, avalie, pondere e escolha, mas principalmente, não tenha medo de mudar.

Errar a escolha é aceitável, insistir no erro não.

 

E você teria alguma orientação específica para quem deseja seguir Geologia?

Seja um profissional dinâmico, não tenha medo de desafios.

 

Como alguém pode fazer para saber mais sobre Geologia?

A internet hoje é uma fonte imensurável de informação. As páginas dos cursos de geologia do Brasil, assim como do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) permitem o acesso a muitas informações importantes.

Links indicados:
Sociedade Brasileira de Geologia

Série Origens (Português)

Documentário da BBC, Men of Rock (Legendado)

 

 

>