fbpx
Estetica

Estética

Carreira e profissão

Entrevista com Helena de Melo - Esteticista
Leia também...

Estética e Cosmética

Juliana Perardt

Tecnóloga em Estética e Cosmética, com duas especializações MBA em Estética e Saúde e Cosmetologia Aplicada à Estética.
@jumeajuda ⋅ Youtube: JuMeAjudaOficial ⋅ jumeajuda.com.br

 

Onde você estudou?

A graduação foi na Universidade Paranaense – UNIPAR (Cascavel-PR) e as Especializações no Ipupo e Centro Universitário Senac (São Paulo-SP).

 

Por que você escolheu essa carreira?

Nesta época, eu não tinha a mínima ideia, estava muito perdida. Meu pai chegou em casa com um panfleto sobre o curso de estética em 2003. Eu não sabia o que fazia um esteticista e muito menos que havia cursos de estética. Meu pai foi meu grande incentivador, ele me disse que depois de formada teria oportunidade de ter minha clínica, fazer parcerias, atender a domicílio… enfim que poderia empreender. Resolvi fazer o vestibular e hoje sou imensamente grata pelo incentivo do meu pai.

 

O que faz um profissional de sua área?

O profissional de estética está apto a atuar na área da beleza, bem-estar e saúde. O profissional de estética adquire competências relacionadas à estética facial, corporal, capilar, terapias alternativas e embelezamento. Com todas as habilidades, ele pode escolher um nicho de atuação ou trabalhar em todas as áreas. O Esteticista é o profissional que atua na melhora fisiológica da pele através de tratamentos e cosméticos específicos. Não realizamos diagnósticos de patologias, por exemplo, mas atuamos na manutenção da pele bonita e saudável, além do bem-estar através de técnicas de relaxamento e terapias complementares.

 

Que tipo de trabalho você faz?

Eu segui o ramo da docência. Aos 23 anos já era professora em uma escola técnica e depois fui professora na graduação e pós-graduação.  Tenho uma empresa de Cursos e Treinamentos Presenciais e Online, destinados a profissionais de estética.

 

Como é seu dia a dia profissional típico?

Meu dia a dia profissional hoje é um pouco diferente. Há 4 anos atrás eu atuava como esteticista em um clínica e depois ia dar aula. Hoje, eu ministro aula somente em pós-graduação, faço atendimento somente 1 vez na semana, a fim de estudar e testar novas tecnologias e protocolos. Também ministro cursos VIPs e em turmas onde muitas vezes viajo para outras cidades. Também tenho rotina de criação de conteúdo, onde divido meu tempo em escrever artigos, gravar vídeos e lives semanais.

 

Que tipo de ferramentas, recursos, ideias e metodologias você utiliza?

Como Esteticista e influenciadora digital meus maiores recursos são as redes sociais. E, claro, estudar muito e estar ligada nas novidades e tendências.

 

Como está o mercado de trabalho em sua profissão? Está em crescimento ou declínio?

O mercado da estética sempre cresce e teoricamente não é um mercado que se abala com a crise. A população tem buscado se cuidar mais e com isso nossa profissão vem crescendo.

 

Quais seriam as principais áreas de atuação dessa profissão e o que fazem?

O profissional pode atuar na área de estética facial, corporal, capilar, terapias alternativas e embelezamento. Ele sai com estas habilidades e, naturalmente, o profissional segue a área com que mais se identifica. Ele também pode atuar na indústria de cosméticos, gerência de clínicas, docência e coordenação de cursos.

Um exemplo prático de um esteticista falando de tratamento facial, seria avaliação da pele, orientação de cosméticos home care, limpeza de pele, peelings, tratamento para acne, hidratação facial, tratamentos de rejuvenescimento etc.

 

Quanto ganha aproximadamente um profissional com sua formação? A carreira vale a pena em termos financeiros?

A maioria dos profissionais opta por atuar em parceria ou abrir seu espaço de trabalho. Alguns preferem trabalhar em clínicas de estética. O salário pode variar muito, mas na média um esteticista ganhando mínimo R$1700,00 + comissões que são variáveis. Como disse, muitos acabam abrindo seu espaço e ganhando muito mais do que ao trabalhar com registro em alguma clínica, podendo ganhar mais de R$ 5 mil reais, tudo depende da capacidade e habilidade do profissional.

 

Quais as principais vantagens dessa profissão? Quais as suas alegrias profissionais?

A estética me proporcionou a oportunidade de cuidar das pessoas, proporcionar bem-estar e autoestima. Além do maior presente que é ensinar, sou muito feliz e grata por poder ensinar e levar conhecimento para os quatro cantos do Brasil, Estados Unidos, Bélgica, Portugal, Japão.

 

E quais as maiores dificuldades e desafios?

Hoje o maior desafio é a concorrência. O profissional deve estar “afiado” e convicto dos seus objetivos para se destacar no mercado de trabalho. Os clientes estão cada vez mais exigentes e quanto mais preparado estiver o profissional, com certeza será um diferencial.

 

O que se estuda na faculdade?

Na faculdade se estuda anatomia, fisiologia, histologia, biologia celular, física, química, eletroterapia, massagens em geral, noções de nutrição, psicologia, administração e empreendedorismo, estética facial, estética capilar, dermatologia, farmacologia, habilidades em técnicas de spa, habilidades em terapias alternativas, aromaterapia, cosmetologia, pré e pós-operatório. O profissional de estética sai com amplo conhecimento na área da estética e beleza o que faz com que se abra um grande leque de atuação profissional.

 

Quais matérias do colégio são mais importantes ao se preparar para essa carreira?

Acredito que seja, biologia, química e física.

 

É necessário o conhecimento de outro idioma para atuação em sua área? Em caso afirmativo, qual(is)?

Não é obrigatório, mas com certeza abre leque profissionais de estágios, atuação em grandes redes e cruzeiros. Acredito que inglês seria mais importante.

 

Como deve ser a personalidade e quais devem ser os interesses, desejos e valores de alguém que segue essa profissão?

Primeiramente, gostar de estudar e estar em constante atualização. Ser ético e gostar de tocar e ouvir o ser humano na sua essência.

 

É necessária alguma habilidade anterior?

Acredito que não, mas estar ciente que o profissional trabalha para melhorar a autoestima e bem-estar do ser humano. Esse é um trabalho de doação do melhor em você para outro.

 

Quem seriam profissionais de amplo reconhecimento ou figuras históricas de sua área?

Anne Marie Klotz, que nasceu em Natal, filha de franceses. Ela passou sua infância na França e retornou anos mais tarde com o marido e três filhos. Ela trouxe as primeiras técnicas de estética da França e começou atender na sua casa. Ela fundou o Instituto de Beleza France Bel no Rio de Janeiro. Grande nomes da estética como Maria Celina Meirelles e Waldtraud Ritter Winter, estudaram na Escola da Madame Klotz.

Waldtraud Ritter Winter foi quem trouxe a drenagem linfática para o Brasil em 1969.

 

Por fim, que dicas de carreira e de vida em geral você gostaria de oferecer para um jovem que está escolhendo sua profissão nesse momento?

Este é um momento muito importante, ouça aquela voz interna, sinta sua intuição, veja quais são as suas habilidades e competências, o que você gosta de fazer e te dá prazer!

Não tenha medo de errar e nem pressa!

 

Como alguém pode fazer para saber mais sobre essa área?

Hoje com as redes sociais fica fácil conhecer mais sobre a área da estética. Eu sempre sugiro que o futuro aluno, procure a escola ou faculdade mais próxima, conheça as instalações, e assista a uma aula para sentir se a sua missão é ser esteticista.

Links recomendados:

Associação Nacional dos Esteticistas e Cosmetólogos

http://negocioestetica.com.br/site/

Vídeo: Profissão Esteticista: Como começar?

 

 

>