fbpx
Sociologia

Ciências Sociais

Carreira e profissão

Entrevista com Carolina Miranda, Formada em Ciências Sociais pela USP, com atividade em projetos de qualificação da educação pública

Em linhas gerais, qual é a sua formação e que tipo de trabalho você faz?

Sou Carolina, formada em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, em São Paulo. Atualmente trabalho na área de educação, em um instituto que atua com a qualificação da educação pública no Brasil em diversos estados e municípios.


Como é seu dia a dia profissional típico?

O meu dia a dia de trabalho tem a ver com trabalhar tanto com os dados e indicadores referentes aos programas que o instituto atua em parceria com as secretarias municipais e estaduais de educação, quanto também trabalhar com produção de conhecimento, de material, pesquisa e apresentações de Powerpoint.


Que tipo de ferramentas, recursos, ideias e metodologias, um cientista social utiliza?

Quando falamos de formação de professores e de outros gestores escolares, usamos bastante técnicas de facilitação ou ferramentas e metodologias de formação. O meu dia a dia é muito na frente do computador justamente trabalhando com esses dados e indicadores, tanto de processos quanto de resultados desses programas e produção de conhecimento na área de educação.


Quais seriam as principais áreas de atuação em Ciências Sociais?

Além dessa área de educação, eu acho que o campo das Ciências Sociais é muito amplo, então você pode trabalhar em diversas áreas. A pessoa que é formada em Ciências Sociais pode trabalhar, por exemplo, no setor público, em secretarias e órgãos públicos, no governo federal e ministérios, com pesquisa tanto acadêmica, seguir uma carreira acadêmica, fazer o mestrado, doutorado, pós-doutorado da universidade e ser pesquisador da área ou com pesquisa de mercado e trabalhar em diversas frentes, institutos e fundações além de empresas na área de responsabilidade social ou de sustentabilidade ou ainda no terceiro setor, nas organizações da sociedade civil com projetos sociais, ambientais, educacionais. Enfim, essas são algumas possibilidades, mas cientistas sociais estão em vários lugares.


Quanto ganha aproximadamente um Cientista Social?

É muito difícil dizer quanto ganha um cientista social. É algo que me perguntam bastante porque varia muito. Eu acho que dependendo de onde você está morando, qual cidade, estado, setor do Brasil, pode variar o mercado de trabalho assim como quais dessas áreas você vai buscar trabalhar, onde e que tipo de atividade executará fazem variar o salário, o que dá para tirar uma média tanto de editais que são abertos quanto do mercado que conheço um pouco. Depois de alguns anos de formado, é comum que o cientista social tenha um salário médio de 5 mil até uns 10 mil reais. Como eu disse, moro em São Paulo, cidade capital, então tem um campo maior querendo ou não para essa área. De repente, se você for para cidades onde tem outras possibilidades, talvez o salário seja maior ou menor.


Como está o mercado de trabalho para Ciências Sociais?

Acho que é difícil também dizer se a carreira de cientista social está em declínio ou ascensão. Ela se mantém, mas é claro que em questão do trabalho quando vivemos momentos de crise no país, os empregos na área do terceiro setor, pesquisas e coisas desse tipo acabam se restringindo um pouco mais, ficando um pouco mais escassos, então acho que segue essa questão de momento econômico e político do país, mas é uma carreira estável nesse sentido.


Por que você escolheu Ciências Sociais?

Quando decidi fazer Ciências Sociais, eu estava pesquisando carreiras na internet. Na época que eu ia prestar vestibular, gostava muito de História e Geografia, especialmente Geografia Política. Sempre gostei de estudar essas matérias, sempre fui uma pessoa mais de Humanas como costumamos falar, comecei a pesquisar carreiras e descobri o curso de Ciências Sociais. Pela descrição do curso, eu acabei gostando muito, me identificando e vi que era aquilo que eu queria fazer, queria algo que contribuísse positivamente para a sociedade. Naquela época, achava que tinha uma formação específica que fizesse isso, hoje eu sei que com qualquer formação você pode de alguma forma influenciar positivamente a sociedade, mas aí veio da escolha também pelas matérias que têm no curso. 


O que se estuda na faculdade de Ciências Sociais?

Em São Paulo, nas universidades que conheço pelo menos, especificamente na USP que foi onde eu me formei, o curso de Ciências Sociais é formado por Ciência Política, Sociologia e Antropologia. Em algumas universidades pelo Brasil, eu sei que às vezes tem Sociologia, Antropologia e a Ciência Política como um curso separado, enfim tem outros arranjos, mas a que eu fiz tinha essas três como base. Então, fazíamos dois anos de matérias obrigatórias dessas três disciplinas e mais algumas obrigatórias como Economia, Estatística e Métodos de Pesquisa e depois nos dois últimos anos, escolhíamos as matérias também dentro de Ciências Políticas, Sociologia e Antropologia.


Como deve ser a personalidade e quais devem ser os interesses, desejos e valores de alguém que segue Ciências Sociais?

Eu acho que quem tem vontade de fazer Ciências Sociais tem que gostar primeiro de ler, gostar muito de ler porque é um curso muito carregado de leitura teórica, pesada, mas muito interessantes que nos fazem expandir bastante a mente, a consciência e problematizar aquilo que vemos, ouvimos e lemos a partir dali, além de gostar bastante dessas matérias na escola de História e de Política, de analisar a sociedade, de entender como é que agem as diferentes culturas, sociedades e povos. Tem um pouco dos sistemas também político-partidários da sociedade. Acho que tudo isso tem que interessar quem vai fazer o curso de Ciências Sociais.


Por fim, que dicas de carreira e de vida em geral você gostaria de oferecer para um jovem que está escolhendo sua profissão nesse momento?

Bom, se você está escolhendo agora sua carreira, está nesse momento difícil da vida quando ficamos cheios de dúvidas, questionamentos e tem que tomar uma decisão tão importante, meu conselho é que pesquise bastante, veja quais são as matérias do curso que você deseja fazer, qual o mercado de trabalho, o que pode ser feito, tire dúvidas e procure pessoas que fizeram esse curso.


Como alguém pode fazer para saber mais sobre Ciências Sociais?

Eu tenho um canal no Youtube, Carol Miranda, onde falo de livros. Se você der uma busca no Youtube Carol Miranda Livros, você encontra o meu canal. Lá tem dois vídeos falando também da carreira e da minha experiência com Ciências Sociais. Eu acho que é bacana ver, trocar idéia com quem fez o curso, já está na profissão e trabalhando na área para você ter certeza se é aquilo. 

Na verdade, eu acho que a certeza vem quando você está fazendo o curso, você vai experimentar aquilo e vai ver se tem a ver com você, então eu acho que também tem um pouco de coragem de arriscar e tentar aquilo que queremos fazer.  É claro que todas as variáveis são importantes, o salário, a carreira, mas também se gostamos muito do que fazemos, acabamos nos empenhando e conseguindo trabalho, vamos atrás e damos um jeito de conseguir essa experiência profissional. Então é esse o meu recado para quem está começando.

Eu agradeço a oportunidade de falar com vocês sobre essa minha experiência. Eu gosto muito de ter me formado em Ciências Sociais e de tudo que eu fiz como carreira, de ter trabalhado tanto nessa área de pesquisa, em comunicação, no terceiro setor e agora com projetos de educação. Então, eu espero que se você decidir fazer Ciências Sociais, você seja um cientista social tão feliz quanto eu.

Confira também...

Ciência Política

Filosofia

>